Coronavírus: FATO ou FAKE?

“É necessário realizar um cadastro prévio para agendamento da vacina contra a COVID-19”. É FAKE. O Ministério da Saúde não realiza agendamento de vacinação, nem solicita seus dados pessoais por telefone ou por e-mail.
Fiquem atentos! Se a informação não foi publicada em portal conhecido, começa de modo alarmista ou pede para ser compartilhada, desconfie e, na dúvida, não passe adiante.

Continuar lendo


MP fortalece combate a fake news durante a pandemia do coronavírus

De acordo com um estudo realizado pelo instituto Avaaz, cerca de 110 milhões de pessoas acreditam em pelo menos uma notícia falsa sobre a pandemia do coronavírus no Brasil. Para se ter ideia da dimensão do problema causado pela disseminação falsa de informações, esse número corresponde a sete em cada dez brasileiros. O estudo divulgado mostrou ainda que as redes sociais (whatsapp e facebook) foram as principais plataformas utilizadas para a propagação das fake news, por serem utilizadas pelos brasileiros como fonte de informação. Nesse contexto repleto de notícias alarmistas, o Núcleo de Combate aos Crimes Cibernéticos (Nucciber) do Ministério Público estadual participou de uma campanha virtual ‘Coronavírus – Fato ou Fake’, que visava alertar a população para que, antes de clicarem ou compartilharem notícias, conferissem se as informações eram verdadeiras em sites confiáveis.

Continuar lendo


Balanço anual das ações do MP é apresentado na Semana do Ministério Público

De março a novembro deste ano, o Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), por meio de sua área finalística, analisou 258.993 processos e procedimentos. Os números refletem o esforço do órgão para manter sua capacidade plena de atendimento à sociedade, mesmo diante do cenário imposto pela pandemia, que obrigou a adequação nas relações de trabalho, de consumo e também entre as pessoas. Esse balanço das ações do MPBA será apresentado durante a Semana do Ministério Público, que inicia as programações nesta segunda-feira, 14, data em que é celebrado o Dia do Ministério Público. A Semana perdura até o dia 16 e conta com uma série de atividades virtuais, em face do contexto da pandemia, que vão expor as principais realizações do órgão neste ano de 2020.

Continuar lendo


Acesso à internet por celulares está em alta, desafia pais e afeta saúde das crianças

A cena é cada vez mais comum no cotidiano familiar e parece ter se intensificado durante o período de quarentena: crianças e adolescentes “mergulhados” na tela do celular ou de outros dispositivos tecnológicos conectados à internet. Segundo pesquisa do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic) realizada em 2019, 58% da população infanto-juvenil brasileira, cerca de 15,6 milhões de pessoas, acessam a internet exclusivamente pelo celular.  A conectividade tem aumentado com maior mobilidade. Uma simples atitude comportamental que abre um mundo de possibilidades, mas também de riscos e problemas de saúde, seja mental ou física, psicossociais, éticos e políticos. Essas consequências do uso excessivo das ferramentas tecnológicas online foram o objeto de debate da terceira conferência, esse ano virtual, ‘O Melhor da Infância é Offline’, promovida pelo Ministério Público estadual.

Continuar lendo


Segurança de criança e adolescente na internet volta a ser debatido pelo MP

Com o objetivo  de alertar a população quanto aos riscos físicos e virtuais da exposição excessiva de crianças e adolescentes à equipamentos eletrônicos e à internet, acontece  a ‘3ª Conferência Tecnologia e Infância: o melhor da infância é off-line’, no próximo dia 14. O evento, realizado pelo Ministério Público estadual, será teletransmitido ao vivo pela plataforma Microsoft Teams, com início às 9h e encerramento às 12h.

Continuar lendo


MPBA realiza palestra ao vivo sobre segurança digital

Na tarde desta quinta-feira (01/10/2020), o Promotor de Justiça e Coordenador do Núcleo de Crimes Cibernéticos do Ministério Público do Estado da Bahia, João Paulo de Carvalho da Costa, ministrou a palestra “Golpes com Uso de Aplicativos de Mensagens: Medidas de Prevenção”, para estudantes e docentes da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) – Campus do Malês, de forma virtual, por meio da plataforma Google Meet.

Continuar lendo