Policiais dos Estados Unidos e da Austrália alertam jogadores sobre riscos de irem a locais remotos em busca de Pokémons

Por: Paula Soprana, em 10 de julho de 2016.

A polícia  da cidade de O’Fallon, em Missouri, nos Estados Unidos prendeu na madrugada deste domingo, dia 10, suspeitos de assaltarem jogadores de Pokémon GO, o jogo de realidade aumentada mais baixado e comentado nos últimos dias. Ainda não disponível no Brasil, o game consiste na caça de Pokémons – os personagens do desenho dos anos 1990. Cada jogador, através de sua geolocalização, precisa encontrar os pequenos seres em diferentes locais – do interior de casa até igrejas, supermercados, museus e locais remotos da cidade. O aplicativo emite um alerta com vibração e luz quando o usuário se aproxima do objetivo. Ao ligar a câmera, o jogador encontra a imagem da criatura sobreposta à realidade. O problema é que alguns assaltantes conseguiram prever onde possíveis jogadores estariam e usaram a estratégia para abordar as pessoas à mão armada.

Ao site Gizmodo, um porta-voz da polícia disse que de oito a nove pessoas foram roubadas por quatro homens nos últimos dias. O assalto foi apenas um dos casos em que a brincadeira entre mundo físico e real trouxe consequências além da caça de pequenos monstros. Na cidade americana de Riverton, uma jovem relatou ter encontrado um cadáver. Outro jogador perseguiu um Pokémon até um funeral.  Na Austrália, autoridades emitiram um alerta para que jogadores não fizessem buscas em locais perigosos e  recomendou que as pessoas tirem “os olhos do telefone e olhem para os dois lados da rua antes de atravessar”. O departamento de Polícia de O’Fallon alertou: se você deixar seus filhos brincarem de Pokémon GO, certifiquem-se de onde eles possam estar.

A popularidade do jogo é tanta que servidores da Nintendo não estão suportando tantos acessos, caindo repetidas vezes durante a semana. O jogo está disponível nos Estados Unidos, na Austrália e na Nova Zelândia. A ansiedade dos aficionados brasileiros é grande. Campanhas nas redes sociais pedem rapidez para a liberação do jogo aqui. Para a Nitendo, o sucesso é um alívio diante da queda nos luvros que a empresa enfrenta há cinco anos.

06095010832057

Jogo de realidade aumentada da Nintendo (Foto: Divulgação)

Fonte: http://epoca.globo.com/vida/experiencias-digitais/noticia/2016/07/pokemon-go-e-estrategia-para-assaltantes-em-cidade-americana.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *