Pioneiro no Brasil, Tribunal de Justiça do Ceará recebe denúncias via Whatsapp

Por Roberta Tavares

Tecnologia, 28 de março de 2015

Foram disponibilizados três novos canais de comunicação: Whatsapp, mensagem de texto e chamadas telefônicas para celular

 

A iniciativa é pioneira no Brasil e pretende facilitar o recebimento de denúncias da população (FOTO: Divulgação)

A iniciativa é pioneira no Brasil e pretende facilitar o recebimento de denúncias da população (FOTO: Divulgação)

A ouvidoria do Tribunal de Justiça do Ceará disponibilizou o Whatsapp para receber denúncias, iniciativa pioneira no Brasil. Ao todo, foram disponibilizados três novos canais de comunicação: Whatsapp, mensagem de texto (SMS) e chamadas telefônicas pelo número (85) 87781426.

O serviço está disponível 24 horas para a comunicação digital, e atende chamadas de segunda a sexta, das 8h às 18h. Além disso, através do e-mail ouvidoriamulher@tjce.jus.br, o TJCE recebe denúncias exclusivamente relacionadas a mulheres vítimas de violência doméstica, que têm processo tramitando nas unidades judiciárias.

“O objetivo é oferecer mais um suporte às mulheres que necessitam de auxílio sobre o andamento de processos”, explica o ouvidor-geral, desembargador Raimundo Nonato Silva Santos. Segundo o magistrado, até o final de abril, a população também pode falar com a Justiça pelo número 159. As ligações são gratuitas para todo o Ceará. O canal funciona durante o horário de expediente da Ouvidoria.

Além de utilizar os três novos canais, o público pode encaminhar reclamações, sugestões e solicitações por meio dos telefones (85) 3207.7428, pelo fax (85) 3207.7430 ou por e-mail ouvidoriageral@tjce.jus.br. Já o atendimento pessoal é realizado de segunda a sexta, das 8h às 18h, na sala da Ouvidoria Geral, localizada no TJCE – Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N – Cambeba, em Fortaleza.

O Whatsapp é um dos aplicativos mais populares do mundo, com 600 milhões de usuários ativos.

Fonte: http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/tecnologia/pioneiro-no-brasil-tribunal-de-justica-do-ceara-recebe-denuncias-via-whatsapp/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *