MP-SP acusa grupo que age na internet de vender dados sigilosos

Edição do dia 01/11/2015

São informações pessoais, como endereço residencial, CPF e ligações. Site cobrou cerca de R$ 1 mil para quebrar sigilo telefônico de promotor.

Capturar

Vídeo disponível em: http://g1.globo.com/fantastico/edicoes/2015/11/01.html#!v/4579189

O Ministério Público de São Paulo acusa um grupo que age na internet de vender dados sigilosos de qualquer pessoa. São informações pessoais, como endereço residencial, CPF e ligações de celular, que podem parar nas mãos de bandidos. O site “cartório virtual” cobrou cerca de R$ 1 mil para quebrar o sigilo telefônico de um promotor de Justiça que combate o crime organizado há 14 anos.

Fonte: http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/11/mp-sp-acusa-grupo-que-age-na-internet-de-vender-dados-sigilosos.html

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *